sexta-feira, 12 de junho de 2009

Cansaço


Esgotam-me gritos guardados
(de lágrimas em mão)
e parte desse cansaço
é submissão à razão.

Querer flutuar em véus brancos
(e quentes de rubor)
por mais difícil que seja
ver lógica no amor.

Mas não tenho outra escolha
(ou escolho perder)
e gasto-me e luto
quando me quero render.


12 de Junho, 2009

4 comentários:

Um Olhar disse...

O cansaço acompanhado de momentos vividos, doce solidão que atormenta a alma...Gosto sempre do que escreves, deste...gostei especialmente.

Deixo-te um beijo.
Bjo

Fatima

Gleidston disse...

Excelente, tudo nas suas palavras faz sentido, mesmo quando a reflexão é extremamente íntima,profunda como este dizer;

"e parte desse cansaço
é submissão à razão."

momentos como este,inspiração como esta, é que nós dá a certeza de querer voltar sempre aqui.

otimo fim de semana pra voce,

beijo!

João Videira Santos disse...

Sentidamente...bonito!

Anónimo disse...

e porque não te rendes!
será a razão mais importante?