sábado, 8 de novembro de 2008

Auto


Tenho-me como pessoa completa,
porque tudo quanto existe me faz falta.


8 de Novembro, 2008

5 comentários:

Um Olhar disse...

Já há alguns dias que não tenho oportunidade de passar por aqui, mas hoje fiz questão de pôr as leituras em dia!
Os textos estão maravilhosos pois cada palavra revela um grande sentimentalismo.
Uma boa semana para ti...

Fatima

João Videira Santos disse...

Tenho imensos olhares e diversas leituras para o decifrar de cada parágrafo que aqui leio.

...E no tormento parido dos sentimentos há delicias duradouras que afagam cada minuto lido.

Preciso escrever mais?

Preciso.

Numa só palavra: Gostei.

nl disse...

Se a Gente Sente todos estes silêncios, quando falas!
O que diriam as palavras, quando calas?!...

José Manuel Brazão disse...

A minha leitura é a seguinte:
Ao longo da vida vais acumulando saber, experiência, vivência!

Completa talvez seja forte. E se fosse: "Tenho-me como uma pessoa completando-se..."

Com todo o respeito pelas criações dos autores.
Beijinhos

AM disse...

Diana,

Eu já havia comentado este seu pensamento. Como o prometido é devido aqui estou a visitá-la. Gostei imenso do que vi e li... excelentes frases, textos e pormenores por aqui circulam.
Vou voltar...muitas vezes.
Beijinhos
António M.R.Martins