quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Isto


E se um estímulo calculado,
desenhado em pensamento,
denunciar o teu segredo?

E se for a lua a contemplar-te,
a brilhar pelo divertimento
de te arrancar e trazer medo?

E se a verdade de um beijo te fizer chegar às lágrimas?

Nada mais seja real, isto eu vi:
por quantas vezes me perdi,
acabei sempre por reinventar um pouco mais de mim.


18 de Fevereiro, 2009

10 comentários:

www.roquesilveira.blogspot.com disse...

Diana fico sempre deslumbrada com as tuas frases; parece que começam com nada de importante acabam sempre em grande...Beijinho
Conceição

sfich disse...

Depois de ter contemplado o medo no divertimento (dei de barato o segredo) fui absorvido pelo acto de reinventar!...Se isso não fosse uma consequência, ainda assim, haverias de te reinventar; é próprio de quem se transcende; ir mais "além num golpe de asa"

Gleidston dias disse...

É sempre um prazer enorme te ler, o entendimento que dicerne das palavras que profere puxa sempre para reflexão, Parabens menina Diana.

Uma otima 5f pra voce.

bjcss

manzas disse...

A noite adormecia na madrugada
Onde o silêncio sonegava a neblina…
Os charcos se agasalhavam na manta geada
Onde se espelhava a tua imagem cristalina
( poema, chamar por ti )

Tem um selo feito por mim
Para si, no meu blog…
Um resto de uma boa semana
Materializada em harmonia
Com muita alegria
E claro um bom CARNAVAL
Cheio de muita folia…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Tera disse...

Diana, os teus poemas são pedaços de vida, arrancados com a precisão da sensibilidade... momentos, só momentos... Mas tão vitais, tão decisivos, tão universais!...
Beijinho.

As Chamas do Fénix disse...

Olá amiga...

Passa lá pelo meu ninho... tens um convite espero que aceites...

Uma grande Chama para ti...beijos

Pat disse...

É tão bom voltar e sentir que de cada vez soa-me sempre mais perfeito do que antes!
As tuas palavras são perfeitas e enchem-me sempre com um pouco mais da vida que pões neles!
É um prazer tão grande ler-te!=)
Com muita saudade*
Um beijinho da Pat

António MR Martins disse...

Diana,
É um prazer enorme lê-la. A forma sublime como acaricia as palavras englobando-as em frases de um magistral suporte literário, elevam o leitor a altos patamares, consigo.
Meus parabéns.
Beijinho

Tatiana disse...

Hoje decidi visitar todos os blogs que acompanho.

E é com imenso carinho que
venho lhe desejar
um belo final de semana

Um abraço carinhoso

GLP disse...

Muito bom!

Gostei

Bjos